Reflexões, Tecnologia

O maior flashmob do mundo, televisionado

Junte uma música, uma coreografia, e um evento televisivo. A música com a vontade de dançar resultou no maior flashmob do mundo, considerado para alguns europeus como “maior momento épico da história da televisão mundial”.

O vídeo é relativamente recente, foi ao ar no 29 de maio na Europa, na final do concurso musical Eurovision. Basicamente, é uma competição em que cada país manda um artista, e o público decide quem é o melhor do continente. A disputa acontece todos os anos e é um dos eventos televisivos europeus mais populares.

Neste ano a organização criou um flashmob em que os participantes dançavam uma coreografia criada a partir da música “Glow”, da dupla norueguesa Madcon. Para quem não sabe, um flashmob é uma aglomeração de pessoas em locais públicos para realizar algo previamente combinado, se reunindo e dispersando rapidamente.

A organização do Eurovision jogou o passo-a-passo (ou lesson, como queiram) da dança na Internet e marcou encontros em diversas cidades da Europa. Tudo devidamente registrado pelas câmeras de televisão.

Na final do concurso, a apresentação ao vivo da música mostrou a coreografia gravada nas várias cidades, vídeos enviados por telespectadores, além da dança ao vivo no local do evento e na cidade de Hamburgo, na Alemanha.

Além de ser o maior flashmob do mundo, foi uma ação transmídia muito bacana. Começou na Internet, foi para as ruas, para a televisão e voltou para a Internet – por ação dos usuários e da própria organização. O comentário de “maior momento épico da história da TV mundial” veio no vídeo publicado no YouTube. De qualquer forma, é um marco do que deve vir por aí na relação entre várias mídias: a convergência.

Quer ver mais? Que tal esse vídeo dos bastidores da gravação em Düsseldorf, na Alemanha?

Sensacional, não? Quando será que veremos algo assim por aqui?

Tags: , , , , , , , , , , ,

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.